Notícias

Reabilitação Profissional: presidente do INSS assina acordo com Fiesp/Senai em São Paulo

Serão ofertadas 500 bolsas de estudo em cursos de qualificação profissional, nas mais diversas áreas tecnológicas
por Assessoria de Comunicação Social do INSSpublicado: última modificação:
Presidente do INSS assina acordo com Fiesp/Senai em São Paulo - quatro homens de terno do lado direito, dois deles segurando um documento. No canto esquerdo, duas mulheres em pé.

Erika Novaes e Mariane Kairala, servidoras do INSS; Leonardo Gadelha, presidente do INSS; Paulo Skaf, presidente da FIESP; Sylvio Barros Filho e Demétrio Zacharias, gestores da FIESP na assinatura de acordo em São Paulo (SP)

Um acordo para ampliar o serviço de Reabilitação Profissional foi firmado nesta quinta-feira (5/10) com a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), em São Paulo (SP). Assinaram a parceria o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Gadelha,  e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

O gestor do INSS ressaltou a importância da celebração: “Ganha o empregador, que volta a contar com esse trabalhador capacitado; ganha o cidadão, que quer ser útil à sociedade; e ganha o Estado, que começa a economizar, porque, na medida em que a pessoa volta a trabalhar, ela deixa de usufruir de um benefício e abre a possibilidade para outra pessoa que realmente precise”.

Já o diretor titular de Ação Regional da Fiesp, Sylvio Alves de Barros Filho, considera a parceria a abertura de um canal da iniciativa privada com o INSS. “É uma estrada que está sendo aberta, uma tentativa de oferecer possibilidades para os trabalhadores voltarem às suas atividades em condições normais. Do outro lado, a parceria também desonera as empresas, porque elas também pagam por isso”, referindo ao afastamento por incapacidade.

Também esteve presente no encontro, acompanhando o presidente Gadelha, o superintendente regional da Sudeste I, José Carlos Oliveira, além de integrantes da direção das duas entidades.

500 bolsas de estudo

O objetivo do acordo é otimizar o processo de Reabilitação Profissional dos segurados incapacitados para o trabalho, promovendo a redução do tempo de afastamento do trabalhador, com vistas ao seu retorno e à permanência na vida profissional.

O Senai-SP oferecerá até 500 bolsas de estudo em cursos de qualificação profissional, nas mais diversas áreas tecnológicas. Essas bolsas serão destinadas a funcionários de empresas contribuintes do Sesi/Senai que tenham mais de 18 anos, ensino fundamental completo e que apresentem declaração de baixa renda.

Além da redução no tempo de afastamento e nos custos da folha de pagamento das empresas, que poderão manter o funcionário contratado, os participantes do programa poderão retornar ao mercado de trabalho com a certificação do Senai-SP e da Reabilitação Profissional do INSS. O trabalho contribuirá também para a inclusão das pessoas com deficiência.

Acesse mais conteúdo na página da Fiesp.

 

Informações para imprensa

Assessoria de Comunicação Social do INSS em São Paulo (SP)

André Kameda

Contato: (11) 3544-3514

-->